Qual é o negócio ideal para você?

Fazer um planejamento detalhado e cuidadoso é um dos principais passos para se abrir um negócio, a escolha do formato jurídico mais adequado para a nova empresa é extremamente importante para o seu desenvolvimento.

Veja agora informações básicas sobre as características de alguns modelos de empresas pela forma jurídica:

MEI: O Micro Empreendedor Individual atua quase sozinho; não tem sócio e pode contratar apenas um funcionário. O faturamento anual pode ser de até R$ 60 mil. O MEI também permite o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), facilitando a abertura de uma conta bancária, o pedido de linhas de créditos empresariais e a emissão de Nota Fiscal Eletrônica ou avulsa.

Uma das vantagens do MEI é poder se enquadrar no Simples Nacional, uma das desvantagens é que o Micro Empreendedor Individual não poderá ter nenhum sócio e nem abrir dois estabelecimentos. Isso limita a capacidade de expansão do negócio.

ME: A Microempresa é a maneira mais simples de se abrir um negócio para quem tem um sócio e planeja ter mais de um funcionário. As MEs são empresas que tem faturamento bruto anual menor ou igual a R$ 360 mil, podendo se enquadrar no Simples Nacional.

Uma das vantagens de se abrir uma Microempresa é a redução da burocracia, que além de simplificar e agilizar processos internos, também reduz o custo para manter a empresa.

EPP: As Empresas de Pequeno Porte nascem maiores do que uma microempresa, pois já prevê um faturamento anual superior a R$ 360 mil, caso não exerça nenhuma atividade vedada pela Lei LC123/2006, ela também pode optar pelo Simples Nacional.

O desejo de criar algo novo faz parte da natureza humana, porém, na hora de empreender é preciso buscar o máximo de informações possíveis para poder tirar seu sonho do papel e torna-lo realidade.

Acesse nosso site e conheça as soluções que preparamos para você!

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*